O cais da cidade teve esta armação vermelha por causa das iluminações de Natal que voltaram a encantar a capital da ilha da Madeira.

The town pier should be red frame because of Christmas lights that turned to delight the capital of Madeira.
Há uns dias encontrei, de manhã, um homem de corpo franzino na Praça do Munícipio. Parecia procurar algo naquele espaço nobre da cidade do Funchal.
À tarde, quando regressava apressado do trabalho para ir buscar o meu filho à escola, percebi o que aquele homem buscava, o melhor ângulo para desenhar.
Como ia com pressa, tive pena de não o fotografar.
Hoje encontrei a mesma pessoa, de manhã, já com o enquadramento encontrado, a sentar-se num recanto do Largo da Chafariz, com a catedral do Funchal a marcar o ângulo que tão bem escolheu. Mas ainda não estava a pintar. Ao almoço, embora fosse igualmente com pressa, parei e perguntei se podia fotografar. John Lins, esse é o seu nome, aceitou sem muitas palavras, mas com gentileza.
John Lins é um dos muitos estrangeiros que em vez de fotografar prefere captar os recantos com as suas impressões, os seus traços.




O Cais do Carvão foi construído em 1903, numa época em que o uso do carvão como combustível se encontrava massificado por todas as marinhas. No entanto, o seu uso foi curto. Está abandonado há mais de um século. É pena que não se recupere e preserve a história.
Hoje serve para passear e para a pesca lúdica. 


The Cais do Carvão (Coal Pier) was built in 1903, at a time when the use of coal as fuel was in masse by all navies. However, its use was short.It has been abandoned for over a century. It's too bad that does not recover and preserve the history.
Today serves to stroll and for recreational fishing.